As ruas

Vamos observe as ruas; a liberdade vítrea os corpos nômades a transitoriedade das torres as cores através do lixo. As … Mais

Poema para amanhã

Possuo a lua perdida pois o céu se reflete todo em minha língua Pés descalços entre as serpentes e os … Mais

O pássaro que so(o)u

O corpo do céu ergue-se sobre a chuva e isso não significa mais nada. Mas como se ferido pássaro fosse … Mais

Canto de adeus

Acalanto-te em cantos como ondas feche os olhos e durma sozinha criatura pois o necessário a mim é partir logo … Mais

Sobre nós

O sol sobre nós tentava sem êxito romper o lamento das gaivotas e as entranhas cinza de vapor que diluíam … Mais

Detalhes de uma cidade

É disso que sou feito anotações dispersas abandonadas em bolsos de casaco o barulho dos cascos das garrafas de cerveja … Mais

Mortes sutis

Sacrifico o cavalo doente na entrada com o tiro da misericórdia espantando todos os pássaros que se lembram vivos ao … Mais